terça-feira, 12 de maio de 2009

Dólar X Real

Em novembro de 2007, escrevi um artigo neste blog chamado “Carry Trade”. O investidor/especulador toma dinheiro emprestado em uma moeda que cobra juro baixo (Singapure dólar, Taiwan dólar, Japanês Yen) e aplica em uma moeda que paga juro alto (New Zeland dólar, Real brasileiro) e embolsa a diferença. Esta operação é chamada de “carry trade”.
Agora os investidores estrangeiros se prepararam para ficar “vendidos” em dólar futuro na BM&F, sinal de que podem ser retomadas as operações de carry trade. Elas consistem na tomada de empréstimos em dólar a juro muito baixo e posterior aplicação em real, recebendo-se o maior juro real do mundo. Além disso, eles ganham mais ainda se o real valorizar-se perante o dólar daqui para frente (se o real se recuperar após uma desvalorização drástica de 31%, de R$ 1,50 para R$ 2,20 por dólar).

Um comentário:

brotherrr disse...

isso não é uma operação de câmbio ?
aonde fica essa parte do juros, em um contrato ?