segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Petrochina Vs. Petrobrás

Ultimamente Petrochina chamou a atenção do mundo dos investimentos pelo anúncio de seu IPO de 1 trilhão de dólares, o maior da história dos investimentos. Enquanto o lançamento está sendo analisado, reservado e subscrito, estourou a outra bomba: Petrobrás descobriu um enorme off-shore campo de petróleo no Brasil. No dia do anúncio (8/11/07) da descoberta, Petrobrás subiu 14% na Bovespa, e 26% com as ADRs (ON e PN) em New York (a alta se estendeu em N.Y. uma hora após o fechamento da Bovespa)
BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) são países de “emerging markets”; Os analistas estão estudando o potencial destes mercados: a população, o poder de compra, o consumo, a poupança e o P/L das ações e as perspectivas de gigantes como Petrochina e Petrobrás.
É difícil acompanhar os passos de uma ação que você não possui, como Petrochina. Como investidor brasileiro, é preciso ter Petrobrás no portfólio para incentivar o seu acompanhamento.

Um comentário:

Rogerio disse...

A captação com o IPO foi de cerca de USD 9 milhões (2,84% do capital)

O valor de mercado ultrapassa USD 1 trilhão, pois o valor das ações triplicaram no lançamento

A Petrochina continua a ser uma empresa estatal (66% do controle acionário pertence ao governo)