terça-feira, 1 de março de 2011

O preço do petróleo

Na última semana de fevereiro, de 2011, o preço do petróleo ultrapassou 100 dólares por barril. Com os tumultos, protestos e quedas dos regimes autoritários, há ameaça de diminuição ou paralisação de suprimentos dos países produtores de petróleo no mundo árabe.

A alta do petróleo provocou inflação no mundo inteiro. Com a inflação, os Estados Unidos e a Europa não vão poder manter a taxa de juro perto de 0%. Antes da crise do petróleo, a China já estava adotando medidas restritivas para combater a inflação. O Brasil está fechando a torneira de crédito, aumentando os juros. A crise do petróleo agrava as economias dos países desenvolvidos e em desenvolvimento, sem exceção.

Quem se beneficia com a crise? As companhias de petróleo: Exxon-Mobil, Chevron, Shell e Petrobrás.

Eu subscrevi ações da Petrobrás no final de setembro de 2010. O papel tem caído abaixo do preço de subscrição. Com a crise no Oriente Médio, o papel recuperou para R$ 28,60 em 25/2/2011 (valorização de 10% acima do preço de subscrição, enquanto a Bovespa caiu 2% no mesmo período).

Um artigo da Business Week, de agosto de 2008, fez uma sugestão curiosa: os governos e a OPEP deveriam manter o preço do petróleo estabilizado em 90 dólares o barril. Se o preço cair abaixo disso, deveriam aumentar o imposto para manter o preço neste nível. Petróleo barato incentiva o desperdício e o consumo em excesso, enquanto preço alto estimula a eficiência e o desenvolvimento de alternativas (como álcool, derivado da cana de açúcar). Os analistas que são contra esta medida acham que o tabelamento de preço é uma agenda socialista perigosa (os governos podem também tabelar os preços de trigo, soja, milho, etc.) O artigo, porém, não oferece sugestão de como estabilizar o preço a 90 dólares se o preço for acima disso.
Vou manter Petrobrás como uma das ações em minha carteira, sem me aprofundar nesta polêmica discussão externa.

2 comentários:

Rogerinh0 disse...

Jonh...qual sua opnião sobre OGXP e HRTP?

Cordialmene,
Rogerinh0

evertonric disse...

Caro Jonh,
O Preço do petróleo esta bombando. e eu pessoalmente acredito que vai estar entre U$ 150 a U$200, quando isso acontecer os mercados vão sentir e cair até o chão como em 2007/08, porém até o momento tudo estará na mesma. Subindo, subindo...

E o terremoto do Japão?

O país assiatico vai precisar de muita commodities para a reconstrução de parte do país, e o Brasil é um forte e grande exportador dos mesmos.
Juntamos a fome com a vontade de comer....
.
E a Curva de Hubbert, sobre a Teoria de Hubbert?
Até quando teremos petróleo para o mundo? Fica a dúvida.
.
Seu bolg é show de bola.Os artigos digo, são ótimos. Parabéns
Abraços.
EvertonRic do Finanças Forever.