terça-feira, 14 de outubro de 2008

Desconto de pânico

As bolsas do mundo caíram drasticamente na semana de 6 a 10 de outubro. Observei um fenômeno sui generis com o México Fund (MXF), um closed-end fundo mútuo composto das ações mexicanas, negociado na NYSE, em dólar americano.



Data........Preço de fech........ NAV............... Desconto
8/10 ¨¨¨¨¨¨¨¨17.74 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨19.30 ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨8,08%
9/10 ¨¨¨¨¨¨¨¨15.64(-11,8%) ¨¨20.00 (+3,6%) ¨¨21,80%

Apesar de uma alta de 3,6% no NAV, MXF fechou em 9/10 com uma queda de 11,8%, ampliando o desconto de NAV de 8,08% para 21,80%. Considerando um desconto normal de 12%, o excesso de desconto de 9,8% é o que eu chamo de “desconto de pânico”. No pânico os investidores perderam o raciocínio matemático e venderam a qualquer preço (herd psycology).
O pânico é do momento, não vai durar meses. Quando o pânico dissipar gradualmente, esse desconto de pânico vai desaparecer e MXF deve recuperar 10% (além de eventual alta da bolsa mexicana, quando subirem as bolsas do mundo).
Na mesma semana, a bolsa brasileira (e as bolsas do mundo) sofreu a mesma irracionalidade, incorporando um enorme “desconto de pânico”, que deve evaporar quando o mercado voltar ao normal.

Um comentário:

Lemp disse...

Olá John Tong, eu sou Luiz Eduardo, Editor chefe do Blog Coisas de Homem, gostaria que entrasse em contato comigo, por favor, utilize esse e-mail à seguir:

lemp2005 (a) gmail.com

Abraços